terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Edicoes GEP - Todos os Numeros


A lendária editora GEP, de Miguel Penteado, publicou algumas histórias dos X-Men produzidas no Brasil, por Gedeone Malagola e outros, entre 1968 e 1970.


A estreia dos X-Men no Brasil ocorreu nas mãos da GEP (Gráfica e Editora Penteado), na série Edições GEP (inicialmente chamada de Uma Revista GEP). Os X-Men figuraram nas páginas da revista nos números 1 a 8, 13, 14 e 19, revezando com o Surfista Prateado e Capitão Marvel.

Os X-Men enfrentam uma versão alternativa de Thor (na época publicado pela EBAL), em história escrita por Gedeone Malagola (que era editor da revista) e publicada em Edições GEP 8, Malagola escreveu uma história com participação do de uma versão alternativa de Thor.

Em 1968, a Gráfica Editora Penteado (GEP) punha em bancas o título Edições GEP. Relatos da época contam que essa publicação vendia muito pouco e as tiragens eram baixíssimas, o que torna ainda mais difícil encontrá-las hoje em dia. Seja como for, pouca gente sabe, mas do número 01 ao número 08 a editora lançou nada mais, nada menos, que os X-Men. As aventuras clássicas dos mutantes (que a maior parte dos leitores mais jovens só viu no Brasil em republicações) foram lançadas aqui quase que simultaneamente à sua edição nos EUA, mas em P&B e com papel vagabundo. É uma oportunidade única de ter em mãos uma revista com Blob sendo chamado de “Bolão” (numa época em que o politicamente correto não existia) e o Fanático de “Jaganata” (uma adaptação pobre de seu nome original). Os X-Men ainda reapareceriam nos números 13, 14 e 19 da Edições GEP.

Conquanto algumas edições do título apresentassem um material completamente desinteressante, é importante apontar que os números 09, 18 e 29, trouxeram pela primeira vez ao Brasil outra lenda da Marvel: o Surfista Prateado. O mesmo se deu com as edições 11, 15 e 21, que apresentaram o Capitão Marvel (no começo, ainda com aquele antigo uniforme verde). Edições GEP, curiosamente, não tinha um número de páginas definido e alternava volumes grossos de lombada quadrada, com volumes finos, agrafados. Após 24 volumes, o título foi descontinuado, mas durante o período no qual manteve os direitos sobre esses personagens, a editora ainda lançou um almanaque inédito do Surfista e dois volumes de encalhe dos X-Men, chamados Super-Almanaque dos X-Men.

[1968 - 1970]
01 - X-Men, A Volta do Bolão
02 - X-Men, A Incrivel Ameaça de Unus, o Implacável
03 - X-Men, Em Acção, Os Vingadores
04 - X-Men, A Volta de Ka-Zar
05 - X-Men, O Triunfo de Magneto
06 - X-Men, A Origem do Professor X
07 - X-Men, O Caminho do Jaganata
08 - X-Men, Entre Nós Andam....Os Sentinelas!
09 - Surfista Prateado, O Poder e o Premio
10 - Álbum divertido de Curiosidades
11 - Capitão Marvel, Um Heroi Saído do Holocausto
12 - Diário de Guerra, Drama no Mar
13 - X-Men, Prisioneiros da Misteriosa Forma Mestra
14 - X-Men, O Supremo Sacrificio
15 - Capitão Marvel, Na Pista de Solam
16 - No Mundo dos Gigantes
17 - Álbum divertido de Curiosidades
18 - Surfista Prateado e Capitão Marvel, E Quem se Incomodará por Ele?
19 - X-Men, E Ninguém Sobreviverá
20 - Surfista Prateado, Mundos Sem Fim
21 - Capitão Marvel, Para Que Zo Possa Viver...Uma Galáxia Deve Morrer!
22 - Almanaque Diário de Guerra
23 - No Mundo dos Gigantes, O Viajor do Infinito
24 - Frankenstein

0 Comentários :

Enviar um comentário

Olá amigo! Se gostaste deste POST, partilha e/ou deixa um pequeno comentário...não custa nada :) Também podes ajudar o Tralhas com os teus scans! Vê como nos podes ajudar >Aqui<.
Obrigado por nos visitares
Gizmo