quinta-feira, 30 de março de 2023

Coleccao Argonauta 9: Missao Interplanetaria (1954)

Titulo: Coleccao Argonauta 9: Missao Interplanetaria (1954)
Formato(s):
CBR
Idioma(s):
PT-PT
Scans:
Ruychi
Restauro:
Ruychi
Num. Paginas:
291
Resolucao (media):
1291 x 1890
Tamanho:
100.22MB

Agradecimentos: Obrigado ao/a Ruychi pelo trabalho de digitalizacao e tambem ao/a Ruychi pelo restauro!


Resumo:
CONSIDERADO um das maiores escritores de Ficcao Cientifica do Mundo, Van Vogt estreia-se na Coleccao Argonauta, com o seu livro mais representativo - Missao Interplanetaria.
E a aventura espantosa e extraordinaria da nave sideral "Galgo" em viagem pelo Universo, numa missao de estudo, transportando a bordo um cientista, diplomado por uma admiravel escola que, num mundo de especializacao crescente, conseguira criar representantes de uma saudosa cultura geral, aptos a encarar qualquer aspecto e perspectiva da mais remota ciencia.
Nas desesperadas lutas que trava com as formas vivas encontradas em areas ate entao inexploradas, o homem de Ciencia verifica que, no Espaco, como na Terra, o maior inimigo do homem e o seu semelhante.



A. E. Van Vogt, o autor desta obra-prima de ficcao-cientifica, e considerado desde ha muito, nos Estados Unidos - a par de Robert Heinlein, Isaac Asimov e Edmond Hamilton - como um dos grandes, senao o maior, dos escritores que cultivam este genero literario. Van Vogt, cuja producao de romances de ficcao-cientifica e quase inestimavel, na larga quantidade e na superior qualidade, e especialmente celebrado pelo valor das suas novelas, verdadeiros modelos de "suspense", duma imaginacao incomparavel, entre as quais avultam "Far Centaurus", "The Monster", "Dormant", "The Search", e "Slan".
Vogt e um experimentado mestre na delicada e dificilima arte de combinar o dinamismo, a originalidade e o virtuosismo da narracao, cujo equilibrio caracateriza o que ha de melhor nesta nova forma literaria. Nascido no Canada, vive agora em Los Angeles, cidade em que, com pouco mais de trinta anos, e considerado um autor de fecunda e prodigiosa fantasia. Mas nao e so na America - onde o seu nome e conhecido de toda a gente - conseguiu Vogt extraordinaria publicidade. Por todo o mundo civilizado o elevado nivel das suas obras conquistou admiradores, e ate imitadores, consagrando-se assim a sua gloria, e ajudando a firmar definitivamente a literatura de ficcao-cientifica.
Van Vogt e traduzido em quase todas as linguas e o facto de a Coleccao Argonauta apresentar agora em Portugal uma obra sua, constitui um motivo de justificado orgulho para esta Coleccao, que se tem esforcado por trazer ao conhecimento do publico portugues os nomes mais representativos da ficcao-cientifica.
A proposito da sua invulgar capacidade de criacao, conta-se que, um dia, perguntaram a Van Vogt o que pensava dos "Discos Voadores", ao que ele teria respondido: E possivel que venham, de facto, de outros Mundos, mas, se assim e, o seu nivel cientifico e bem rudimentar, comparado com o enorme avanco atingido nos nossos romances do genero".
De entre todas as suas producoes, destacaremos, por merecedores de especial referencia, os livros "The World of A", uma das primeiras obras de Van Vogt, "Destination Universe!", e "Mission Interplanetary", que constituira o proximo volume desta Coleccao, e que sao todos eles romances de folego.
Neste ultimo, A. E. Van Vogt conta a aventura da imensa nave espacial chamada "Galgo", que percorre o Universo numa missao de estudo cientifico, transportando a bordo o jovem cientista Elliot Grosvenor, diplomado por uma admiravel escola que, num mundo de especializacao crescente, conseguira o feito de criar representantes duma saudosa cultura geral, aptos a encarar qualquer aspecto e perspectiva da mais remota ciencia.
Na heterogena equipagem daquele navio do espaco, em que cada homem era um especialista e um perito, Elliot Grosvenor constituia, de facto, um caso a parte, uma excepcao, um estranho, pois o seu treino no Instituto Nexialista dava-lhe uma mentalidade diferente, um ponto de vista diverso e mais lucido para analisar nao so os problemas do vacuo interplanetario, como os proprios conflitos humanos, resolvendo-os com perfeito bom senso, serenidade e decisao. Nem todos, porem, o compreenderam, de inicio. Como representante do Nexialismo - a nova ciencia-sintese, esquema dos vastos conhecimentos humanos - Grosvenor tomava pela primeira vez o comando dum departamento a bordo dum navio sideral em missao de investigacao nos espacos inter-galacticos. Chefe e ao mesmo tempo unico membro dessa seccao, Elliot Grosvenor pouca influencia teria no animo e nas opinioes daquele milhar de tecnicos que iam viver isolados nas insondaveis profundezas do Universo. Dai as dramaticas circunstancias em que se desenrola a arrebatadora aventura do grupo de cientistas que a nave espacial "Galgo" transportava, a fim de desvendar os segredos dos mundos, e que depressa se viram envolvidos numa desesperada luta pela sobrevivencia.
A incontaveis anos-luz do seu globo natal, la longe entre as estrelas, aqueles homens viram-se rodeados por estranhars formas de vida que ultrapassavam os seus mais horriveis pesadelos - um monstro de aparencia felina, com uma coroa de tentaculos saindo-lhe dos ombros, que se alimentava de seres vivos; uma raca de criaturas com o aspecto de aves e de extraordinarios poderes hipnoticos; uma "Coisa" diabolica e pavorosa que podia atravessar a materia solida e que pretendia fazer do navio a sua propria habitacao; e, por ultimo, um "Ser" ilimitado e difuso, gasoso e inteligente, que preenchia totalmente o espaco duma galaxia.
Nas desesperadas lutas que travaram, com essas formidaveis e poderosas formas vivas, os exploradores constataram variadissimos defeitos basicos nas suas ciencias terrestres. E Grosvenor - o unico de entre eles que lhes podia valer - quando se viu impedido de aplicar os seus conhecimentos, verificou com amargura que no espaco, como na Terra, o maior inimigo do Homem e o proprio Homem.
Eis o ambiente rico de peripecias e expressao verdadeiramente humana em que decorre a viagem do "Galgo do Espaco" na sua "Missao Interplanetaria".

Autor: A. E. Van Vogt
Titulo original: The Voyage of the Space Beagle
1a Edicao: 1950
Publicado na Coleccao Argonauta em 1954
Capa: Candido Costa Pinto
Traducao: Fernando Moutinho

Download (MEGA)
Download (Acervo do Tralhas)

NOTA: Como sabes os scans que aqui postamos podem ser baixados livremente por todos. Queres apoiar e incentivar o trabalho dos Autores e Restauradores dos scans, que sacrificam o seu tempo para que possas ler a tua Banda Desenhada e Quadrinhos favoritos de modo gratuito? Entao se quiseres re-postar noutro blog um scan aqui postado no Tralhas Varias, agradecemos que sigas o Codigo de Boa Conduta, nao fazendo modificacoes na resolucao, creditos, troca de paginas, branqueamento da informacao da fonte original do scan, etc. Obrigado desde ja pela tua colaboracao. Ass.: Gizmo (p'la Equipa do Tralhas Varias)

2 Coment√°rios :

  1. amigo, esse site é um achado, estou tentando a muito encontrar os livros dessa coleção, mas estão cada vez mais raros, esse livro por exemplo, não se acha em lugar, espero que sua coleção seja grande e que continue postado, talvez assim eu consiga meu objetivo de ler todos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva Adecio! Antes de mais, obrigado pela visita :). O nosso amigo Ruychi penso que tem a inten√ß√£o de ir disponibilizando n√ļmeros da colec√ß√£o argonauta √† medida que o tempo lho permitir :)

      Eliminar

Olá amigo! Se gostaste deste POST, partilha e/ou deixa um pequeno comentário...não custa nada :) Também podes ajudar o Tralhas com os teus scans! Vê como nos podes ajudar >Aqui<.
Obrigado por nos visitares
Gizmo